Portes Grátis em compras superiores a 40€

Queda de cabelo

São muitas as pessoas que têm a queda de cabelo bastante presente na sua mente e com a chegada do outono parece que ainda aumenta mais a preocupação neste tema [...]

Queda do Cabelo, o que posso fazer para minimizar e prevenir?

No Outono, é comum notarmos uma queda de cabelo mais acentuada. No final do verão é frequente que a queda seja acentuada pela fragilização da fibra capilar devido à exposição solar, ao calor e banhos frequentes durante o verão. No entanto, podem existir várias causas para a queda de cabelo e que podem não estar relacionadas com a estação sazonal. Se por um lado a queda faz parte do ciclo normal do cabelo que passa por várias fases, crescimento, repouso e queda, e que todos os dias nascem e caem fios de cabelo; por outro lado a nossa idade e propensão genética também influência este processo. Neste artigo vamos explorar consigo algumas das causas, que cuidados podemos ter para minimizar e para prevenir e que produtos devemos usar para a mehor Rotina anti-queda!

 

A queda de cabelo – causas

Existem inúmeras razões para justificar a queda de cabelo até porque todos nós somos diferentes e a nossa forma de ser e viver influência. Mas vamos falar das mais comuns:

 

  1. Nutrição

A forma como nos nutrimos afeta todo o nosso corpo e o cabelo não fica de fora. Praticarmos uma alimentação pobre em vitaminas e nutrientes é uma das causas que destacamos para a queda de cabelo. Devemos ter uma alimentação rica em vitamina C, ácido fólico, vitamina B12, Selénio e Zinco.

 

  1. Stress

Outro fator que influencia (e muito!) na queda de cabelo. O facto de sofrermos de stress e ansiedade significa que o nosso corpo está em constante tensão, sofre um choque emocional que irá afetar o funcionamento do nosso organismo, nomeadamente a queda de cabelo. Mas atenção, os efeitos do stress não são visíveis no momento em que estamos stressados mas sim, uns meses depois.

 

  1. Hormonas

O nosso corpo está em constante mudança, não somos o que éramos há uns anos e o que vamos ser daqui a outros, tudo está a mudar e consoante a fase em que nos encontramos da nossa vida, isso também irá influenciar o nosso cabelo. Mas que fases nos referimos? Deixamos aqui alguns exemplos: está na fase de amamentação? Ou começou a tomar a pílula? Será que o seu corpo sente falta de suplementação? Entrou na adolescência? Ou então, será que já está na menopausa? Se respondeu que sim a alguma destas perguntas, essa pode ser a causa da queda de cabelo.

 

  1. Inflamações

Existem inflamações que também afetam a queda, e as dermatites são uma delas. Caso sofra de alguma dermatite (crónica ou proveniente de outros fatores) tenha em consideração que a queda de cabelo pode ser um resultado. Alimentos que promovem a inflamação geral do organismo também são um fator a ter em conta: açúcar, álcool, café, alimentos processados, artigos de pastelaria, farinhas e gorduras hidrogenadas são outros exemplos. Ou até mesmo o glúten para quem é sensível, pode levar o corpo a um estado inflamatório enfraquecendo o folículo piloso, tornando o cabelo mais fraco e propenso à queda.

 

  1. Contaminação capilar

A poluição, as tintas de cabelo, os diversos tratamentos com ingredientes sintéticos e até mesmo os champôs e amaciadores com sulfatos diversos, silicones e derivados do petróleo ficam “agarrados” ao cabelo, impedem o seu normal funcionamento e enfraquecem a fibra capilar. Desintoxicar o escalpe e o cabelo torna-se imprescindível para o manter saudável e evitar a queda prematura do fio.

 

  1. Problemas de saúde

Sofre de algum problema como anemia ou hipotiroidismo? Aqui estão mais duas das causas de queda de cabelo. A falta de ferro (anemia) e a falta de hormonas fundamentais para o bom funcionamento do nosso organismo também podem levar ao mesmo problema.

 

Queda de cabelo – prevenção

Como em quase tudo a prevenção é a chave e aqui a nossas preocupações devem ser: manter o couro cabeludo saudável (a saúde e força do nosso cabelo começam na raiz e no solo que a sustenta), fortalecer o crescimento do cabelo e minimizar a agressão. Com estas 3 preocupações em mente, conseguimos um cabelo forte, saudável e cheio de vitalidade, minimizando drasticamente a queda dos folículos.

Deixamos ainda 7 dicas práticas que a vão ajudar nesta missão:

1. Não lave o cabelo com água demasiado quente – pelo contrário, a água fria irá ajudar na estimulação da circulação sanguínea ajudando na redução da queda.

2.O uso excessivo de secador e pranchas de cabelo – também prejudicam a saúde do nosso cabelo, uma vez mais, altas temperaturas no cabelo não são nossas amigas. Se não consegue reduzir, adicione umas gotas de serum de rosa da Less is More ou do tratamento nutritivo da JMO para minimizar a agressão e ajudar a manter a fibra intacta.

3.Apanhar o cabelo – prejudica a saúde do cabelo e ajuda a que a fibra se possa quebrar mais facilmente. tente usa-lo solto ou apenas parcialmente preso.

4.  Evite produtos químicos agressivos: a exposição a químicos fortes de alisamento, permanente, ou coloração podem danificar o cabelo, se está a passar por um período de queda estes tratamentos podem intensificar o problema. Por outro lado temos experienciado que o uso de produtos sintéticos, derivados do petróleo, silicones, potencialmente menos agressivos mas numa base diária, em champôs, amaciadores e máscaras, tem contribuído para irritação do couro cabeludo e a um enfraquecimento do cabelo.

5.Escove o cabelo diariamente – de manhã e à noite, irá estimular também a circulação sanguínea no couro cabeludo ajudando, também, na queda. De preferência com um pente ou escova de madeira porque diminuem a eletricidade estática e com o cabelo seco, porque molhado a fibra tem mais tendência a partir.

6. Massaje o escalpe – com o quê? Com umas gotas de óleo argão Unii ou serum rosa da less is more Coloque umas gotas nos seus dedos e com as pontas dos mesmos massaje vigorosamente o escalpe. Promove a absorção do óleo que nutre o escalpe, promove a circulação sanguínea e com esta o aporte de vários nutrientes ao cabelo e ainda estimula a produção de folículos capilares e do crescimento de um cabelo mais forte e hidratado. Sugerimos a massagem e deixar o óleo activar durante a noite, na véspera da lavagem.

7. No que diz respeito à alimentação, dê prioridade a alimentos ricos em vitamina A, B, B12, C e E (tais como abacate, vegetais verdes escuros, brócolos e espargos, beterraba, cogumelos, frutas vermelhas, cenoura, ervilha, batata doce, sementes e oleaginosas), mas também a alimentos ricos em Ácido Fólico, Biotina, Selénio e Zinco (tais como espinafres, agrião, feijão, grão, sementes e oleaginosas, arroz, aveia, abóbora, lentilhas, algas, levedura de cerveja e nutricional). A vitamina B12 ocorre naturalmente em produtos animais como ovos, peixe e mariscos e também aparece adicionada em produtos vegetais. E não descore a hidratação que é fundamental para qualquer função vital do nosso corpo.

 

Queda de cabelo – produtos e a rotina perfeita

Se como falámos à pouco manter o couro cabeludo saudável e fortalecer o cabelo são a chave para prevenir e minimizar a queda, a nossa primeira recomendação vai para eleger um rotina de tratamento verdadeiramente natural. Acreditamos que nenhuma parte do nosso corpo se alimenta de petróleo, nem mesmo o cabelo, por isso privilegiamos ingredientes naturais e super nutritivos que alimentam de verdade o nosso corpo. Na Organii temos várias opções para a prevenção e tratamento da queda de cabelo, que passam pela lavagem: champôs fortificantes, amaciadores e máscaras nutritivas, séruns para cabelo e couro cabeludo, sprays e tónicos que fortificam e protegem da agressão externa.

Mas atenção se a sua queda de cabelo estiver associada a descamação, irritação do couro cabeludo ou dermatite seborreica, sugerimos primeiro apaziguar e tratar o couro cabeludo antes de iniciar uma rotina anti-queda, que pode ser muito estimulante para um couro cabeludo sensibilizado.

5 Passos para uma rotina anti-queda:

  1. Champô para fortalecer e evitar a queda: escolher champô que estimule a circulação sanguínea e que fortaleça o crescimento do cabelo, com alecrim por exemplo. Evite sulfatos derivados do petróleo, para minimizar agressão e secura. Sugestão: champô tratamento Grow da Mádara, o champo de volume Aloe& Menta da Less is more, o champô Alfazema e Alecrim da JMO,  o champô de keratina da Coslys, ou o champô para cabelos normais com alecrim da Unii
  2. Usar amaciador reparador os amaciadores estão cheios de ingredientes nutritivos que hidratam o cabelo mas também o tornam macio e maleável e mais fácil de pentear, reduzindo a fricção e minimizando a queda. Ajudam também a reparar cabelos danificados, estimulam a produção de queratina, a proteína que dá estrutura ao cabelo.
  3. Séruns ou leave-in para as pontas e para proteger o cabelo. Se não lava o cabelo todos os dias pode reforçar a hidratação e facilitar o pentear nesses dias com a ajuda do leave-in de Alfazema ou Tangerina, da Less is More, ou o amaciador Citrus e Neroli da JMO. Se costuma secar o cabelo com secador ou usar prancha coloque umas gotas de óleo, como o sérum de rosa da Less is More ou o óleo de argão Unii ou o tratamento nutritivo da JMO. O spray de Queratina da Mádara ou o spray de tília da Less is more podem ser boas sugestões na prevenção e proteção da estrutura da fibra capilar.
  4. Tratamentos para fortalecer os novos folículos. Devem ser aplicados diariamente depois da lavagem e deixados ficar, não necessitam remoção. Não deixam o cabelo oleoso nem com resíduos. Serum Grow da Mádara, Serum de fitonutrientes Less is More, Serum de tratamento couro cabeludo e cabelo fino da JMO.
  5. Massagem do couro cabeludo: conforme explicámos em cima, a massagem vigorosa do escalpe promove a circulação sanguínea e com esta o aporte de vários nutrientes ao cabelo e ainda estimula a produção de folículos capilares e do crescimento de um cabelo mais forte e hidratado. Sugerimos que a massagem seja efectuada à noite, na véspera da lavagem, o que permite que o óleo ou serum  que aplicar que perdure toda a noite, sendo removido de manhã. A massagem pode ser feita com qualquer óleo/serum que já tenha, óleo de argão Unii , o serum de Rosa da less is More ou o Tratamento nutritivo JMO, mas para fortificar o crescimento do cabelo sugerimos o óleo de rícino Unii + umas gotas do óleo essencial de alecrim Unii, esta combinação é ideal para quem procura minimizar a queda.

 

Com vontade de experimentar? veja todos os produtos para a queda de cabelo aqui!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Seleccione um ponto de entrega