Refeições Desperdício Zero

desperdício zero

Zero waste dinner

Neste natal evite desperdícios e siga estas ideias de refeições saudáveis em que cascas e sementes fazem parte da festa.

Ficam aqui algumas sugestões da Joana Limão.

Receitas Zero Waste em que nada se perde e tudo se transforma numa deliciosa magia gastronómica.

Nota: Privilegiar sempre ingredientes biológicos, frescos e a granel.

Sopa de Caril de Legumes

2 cebolas, picadas

4 cenouras, em rodelas

800 gr abóbora, em cubos

2 colheres de sopa de óleo de côco

1 colher de sopa de caril em pó – ou a gosto

1 colher de chá de sal marinho – ou a gosto

500ml-1lt água natural

toppings:

200 gr raminhos pequenos de couve flor

100 gr granola Trinca arandos e côco

1 colher de sopa de azeite

1 colher de chá de caril

1 colher de café de sal marinho

Algumas folhas de tomilho

Aquecer o óleo de côco com o caril numa panela e saltear a cebola. Adicionar as cenouras e a abóbora e deixar estufar durante 10 a 15 minutos, mexendo para que não queime.

Temperar com sal a gosto e adicionar água. Deixar cozer até que os legumes estejam tenros. Triturar e adicionar mais água se se preferir uma sopa mais líquida.

Entretanto, triturar a couve flor crua até que se pareça com couscous. Reservar.

Saltear a granola em azeite, caril, sal e tomilho para que fique bem coberta e ganhe um gosto um pouco mais salgado. Reservar.

Servir a sopa com uma colher de couscous de couve-flor, um pouco de granola salgada e as crackers zero desperdício.

Crackers Zero Desperdício 

2 chávenas de cascas de vegetais triturados (usei couve-flor, brócolos, cascas de cenoura, cascas de abóbora Hokkaido, cascas/restos de cebola)

2 colheres de sopa de sementes de chia

3 colheres de sopa de sementes de linhaça

1 colher de sopa de azeite

1 colher de café de alho em pó

1 colher de sopa de tomilho fresco, picado

1 colher de café de sal marinho

Pimenta preta do moinho, a gosto

Pé-aquecer o forno ventilado a 140ºc.

Triturar as cascas e colocar numa taça.

Triturar as sementes de linhaça e chia até parecerem farinha. Reservar.

Juntar os outros ingredientes às cascas, misturar bem e “apertar” com as mãos para que comece a libertar líquido. Coar esse líquido com a ajuda de um passador ou pano musseline. Voltar a colocar na taça, provar e retificar temperos.

Adicionar as sementes trituradas à mistura anterior e envolver. Deve ficar com uma massa seca que quase se desfaz como areia húmida.

Estender esta massa entre duas folhas de papel vegetal, retirar a folha de cima, marcar as crackers com uma faca e levar ao forno. Ir vigiando para que não queimem e que sequem bem – pode-se voltar a massa ao contrário a meio da cozedura para facilitar este processo.

Tirar do forno, esperar que arrefeçam e guardar num frasco hermético.

Tacos de Couve com Cogumelos Desfiados e molho de “Queijo”

6 folhas grandes de couve galega

300 gr cogumelos pleurothus

1 colher de café de paprika fumada

1 colher de café de alho em pó

2 colheres de sopa de molho de soja ou Tamari

1 colher de sopa de xarope de ácer

1 colher de sopa de azeite

200 gr abóbora Hokkaido, ou outra, em cubos pequenos

100 gr cajus crus

70-100 ml água

1 colher de sopa de levedura nutricional

1 colher de café de curcuma em pó

1-2 colheres de sopa de sumo de limão

1 pitada de paprika fumada

1 colher de café de sal marinho

Demolhar os cajus em água abundante por, no mínimo, 2 horas.

Começar por desfiar os cogumelos para uma taça. Formar uma pasta com a paprika, alho em pó, molho de soja, ácer e azeite e vertê-la para os cogumelos. Massajá-los bem com as mãos ou uma colher para que o tempero entre bem em cada pedacinho. Marinar por, pelo menos, meia hora.

Pré-aquecer o forno a 180ºc.

Triturar os cajus com água, levedura, curcuma, sumo de limão, paprika e sal. Retificar temperos e textura – deve ficar um molho líquido, mas espesso. Reservar.

Assar a Hokkaido a meio do forno (com um fio de azeite e sal, se quiser, eu assei ao natural) durante 30 minutos. Aos 15 minutos adicionar os cogumelos marinados num tabuleiro na parte superior do forno. 5 minutos antes de terminar o tempo, levar as folhas de couve ao forno, no fundo, para que murchem apenas.

Servir em cada prato uma folha de couve, um pouco dos cogumelos, uns cubinhos de Hokkaido e colocar o molho por cima. Enrolar ou comer de garfo e faca 🙂

Estufadinho de Cascas de Banana

Cascas de 4 bananas da Madeira

2 colheres de sopa de azeite

1 folha de louro

1 raminho de alecrim

1 cebola grande, picadinha

2 dentes de alho, picado

1 pimento encarnado, em cubinhos

3 tomates maduros, em cubinhos

Lavar bem as bananas, retirar as cascas e guardá-las. Usar as bananas para outra preparação ou congelar em fatias para usar mais tarde.

Cortar as cascas em tiras finas e reservar.

Num tacho, saltear a cebola e o alho no azeite, com o louro e o alecrim. Deixar que caramelize e adicionar os pimentos e temperar com sal marinho. Cozinhar bem durante 5 minutos, mexendo. Juntar as cascas de banana (nesta altura, pode juntar 1 pouco de vinho tinto ou branco, para refrescar, e deixe que evapore o álcool) e estufar 5 minutos.

Adicionar o tomate e tapar, para que liberte líquidos. Deixar apurar em lume branco durante 40-50 minutos, “mal tapado”.

Provar, retificar temperos, deixar evaporar mais líquido ou apurar um pouco mais se necessário.

Servir com quinoa cozida e brócolos assados com sal, azeite e tomilho.

Brownie de grão com dióspiros e banana

400 gr grão de bico bem cozido

200 gr chocolate preto 70%

1 colher de sopa de cacau cru em pó

70-100ml xarope de ácer – de acordo com o gosto pessoal

1 pitada de sal marinho

1 pitada de baunilha natural em pó

1 colher de café de fermento em pó

cascas de laranja + avelãs torradas trituradas num pó – opcional

2 bananas (usei pouco maduras)

½ colher de café de baunilha em pó

1 dióspiro de roer, maduro, em cubinhos

Granola Trinca de cacau  framboesas, a gosto

Derreter o chocolate em banho-maria.

Pré-aquecer o forno a 170ºc.

Num processador de alimentos, triturar o grão com o chocolate, o cacau, o ácer, sal, baunilha e fermento. Deve formar-se uma pasta bem consistente. Juntar muito pouco de leite vegetal, se for necessário, para ajudar a triturar.

Forrar uma forma baixa com papel vegetal e aí colocar a massa de brownie. Calcar bem para que fique uniforme e polvilhar com a mistura de laranja e avelã, se quiser usar.

Levar ao forno por 20-30min ou até começar a ver algumas fendas na massa. Retirar e deixar arrefecer um pouco e cortar em porções.

Entretanto, fazer o creme de banana, basta triturá-las bem com a baunilha.

Servir o creme de banana no prato, as porções de brownie por cima e o dióspiro e a granola a acompanhar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Ao continuar a navegar neste site aceita o uso de cookies. mais informação

O nosso website utiliza cookies. Um cookie é um pequeno ficheiro de letras e números que colocamos no seu computador, caso o permita. Estes cookies permitem-nos distingui-lo dos outros utilizadores do nosso website, o que nos ajuda a fornecer-lhe uma boa experiência quando navega no nosso website e também nos permite melhorar o nosso website. Poderá consultar todos os detalhes sobre o tipo de cookies que utilizamos e a finalidade para a qual os utilizamos na nossa política de utilização de cookies. Ao continuar a utilizar este website, está a concordar com a utilização de cookies.

Fechar