Porque devia comprar a granel

Maria Granel é a primeira mercearia biológica a granel e desperdício zero portuguesa. Eunice, um dos rostos pode detrás do projeto, explica como tudo começou e porque devia aderir a este movimento.

1. Como é que surgiu a ideia da Maria Granel

A Maria Granel é a primeira  mercearia biológica a granel e “zero waste store” portuguesa, abriu as portas em Lisboa (Alvalade), em novembro de 2015. É o sonho a dois de uma minhota e um açoriano.

A ideia nasceu em 2013 e foi sendo alimentada e estruturada até 2015. As nossas memórias de infância estão particularmente associadas ao campo e à terra. Essas raízes definiram a nossa identidade. Quisemos dar continuidade a esse património afetivo. E este projeto é mesmo isso: um regresso às origens, um regresso a casa.

Estudámos o mercado internacional (e falámos com os fundadores de lojas pioneiras em todo o mundo) e nacional de forma profunda e achámos que fazia todo o sentido introduzir em Portugal a venda a granel de produtos biológicos, dispensando totalmente as embalagens.

2. Como foi a aceitação ao início

A aceitação foi, desde o início, muito boa. Penso que por dois fatores essenciais: primeiro, porque a loja convoca um imaginário coletivo, tradicional, da mercearia de bairro que faz parte da nossa cultura; segundo, porque vai ao encontro de uma necessidade real: a oportunidade de comprar a quantidade de que verdadeiramente precisamos. A estes dois fatores unimos produtos biológicos certificados (mais de 500) de elevada qualidade e uma missão (partilhada com a comunidade) de redução de desperdício.

3. Acham que as pessoas estão mais sensibilizadas para o tema do desperdício zero?

Sim, sem dúvida, sensibilizadas e profundamente comprometidas. E gostamos de acreditar que, de certa forma, sendo pioneiros, também contribuímos para esse despertar, introduzindo o sistema BYOC (“bring your own container”). A vinda de Bea Johnson a Portugal e a tradução portuguesa do seu livro foram também momentos muito importantes para esse processo e em que temos o orgulho de ter participado.

De igual modo, o papel muito ativo da comunidade Lixo Zero Portugal e da sua embaixadora, Ana Milhazes Martins, tem, sem dúvida, fomentado uma maior consciência, não só em relação ao problema do plástico e do seu impacto nefasto no ecossistema, mas também em relação às alternativas viáveis e sustentáveis de que já dispomos.

Sem dúvida, assistimos a um momento de viragem e é muito bom perceber que são muitos (e cada vez mais) os projetos, as marcas e as pessoas que estão a fazer a diferença nesta área. #estamosjuntos

4. Começaram com cerca de 240 produtos diferentes. O que mudou desde 2015?

 

Diria que houve crescimento quer do nosso portefólio, que conta neste momento com mais de 500 produtos certificados biológicos, quer do nosso trabalho em comunidade. Em julho de 2017, aderimos à iniciativa internacional Plastic Free July e, além de partilharmos nas nossas redes sociais uma dica por dia ao longo do mês, introduzimos na loja acessórios “plastic free” e “zero waste”. Em dezembro de 2017, reformulámos o nosso site e inaugurámos o nosso blogue e a nossa loja online (acessórios zero waste). Estamos prestes a inaugurar uma secção dedicada a detergentes, higiene e beleza bio e a granel na loja.

Temos um Programa Z(h)ero, de formação e consultoria na área da sustentabilidade, no terreno, em empresas, escolas e outras instituições.

E estamos a preparar mais novidades para breve!…

5. Quais os produtos mais procurados

Felizmente, todas as famílias de produtos são muito procuradas, mas podemos dizer que os frutos secos e as especiarias são as “estrelas da companhia”.

6. Qual o vosso favorito

Nós adoramos as nossas misturas originais (trio premium; lentilhas com coco e especiarias, arroz, temperos, frutos secos), as granolas, as especiarias, os chocolates e as bolachas. São tantos! E o cheirinho?! Não dá para aguentar. 😉

7. Qual a importância de comprar a granel

O granel, enquanto opção deliberada, consciente de consumo, é um gesto muito poderoso. Comprar a granel ajuda, uma vez que não há embalagens, a reduzir significativamente as emissões de CO2 e a quantidade de resíduos destinados a aterros e incineradoras. Além disso, ao adquirir apenas da quantidade de que efetivamente necessitamos, contribuímos também para diminuir o desperdício alimentar. Por fim, optar por alimentos a granel é optar, verdadeiramente, alimentos, em vez de ingredientes, é dizer “não” a alimentos processados e escolher um estilo de vida mais saudável.

8. Os clientes já se habituaram a trazer sacos e frascos de casa?

Sim, cada vez mais. E temos tanto orgulho nisso. Celebramos cada saquinho e cada frasquinho que passam pela loja.

9. Quais as vossas fontes de inspiração nesta área

São tantas! Além das referências anteriores (a Ana Milhazes Martins e muitos dos membros da comunidade Lixo Zero Portugal), são incontornáveis para nós, internacionalmente, Bea Johnson, Lauren Singer, Milena Glimbovski, Alejandra e Agustín  e a Lív. E adoramos encontrar todos os dias novos projetos e marcas #zerowaste na plataforma global @zerowastecollective.

No mundo de expressão lusófona, temos acompanhado também de perto o trabalho inspirador e absolutamente extraordinário que a Antónia Prata  está a desenvolver em Angola, com a comunidade Lixo Zero Angola; no ou do Brasil (depois de termos tido a oportunidade de representar Portugal e falar da Maria Granel na Semana Lixo Zero, em Florianópolis), seguimos e admiramos muito a Fernanda Cannalonga,a Cristal Muniz, a Fê Cortez, …

Estamos sempre muito atentos ao que se faz nesta área pelo mundo fora.

10. O que reserva o futuro à Maria Granel

Esperamos que coisas muito boas! Vamos fazer por isso. 😉

créditos: fotógrafo Pedro Lucas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Ao continuar a navegar neste site aceita o uso de cookies. mais informação

O nosso website utiliza cookies. Um cookie é um pequeno ficheiro de letras e números que colocamos no seu computador, caso o permita. Estes cookies permitem-nos distingui-lo dos outros utilizadores do nosso website, o que nos ajuda a fornecer-lhe uma boa experiência quando navega no nosso website e também nos permite melhorar o nosso website. Poderá consultar todos os detalhes sobre o tipo de cookies que utilizamos e a finalidade para a qual os utilizamos na nossa política de utilização de cookies. Ao continuar a utilizar este website, está a concordar com a utilização de cookies.

Fechar