Estima-se que as mulheres usem, em média, cerca de 12 cosméticos por dia. Cada um destes produtos, quando não são biológicos, contém cerca de 12 químicos.

Sabia que, segundo o Dailymail, as mulheres absorvem, por ano, até 2,27kg de produtos químicos derivados dos seus produtos de beleza? Assustador, não é?

É, por isso, muito importante conhecermos os ingredientes que os nossos produtos têm de forma a fazer uma escolha consciente.

Hoje, partilhamos os 6 piores ingredientes que deve evitar nos seus produtos de cosmética diários.

  1. Lauryl sulfato de sódio (SLS) é um dos agentes de limpeza utilizado em produtos de higiene diária que provocam maior irritação cutânea. Derivado do petróleo, causa irritação nos olhos, descamação do couro cabeludo e pode conter 1,4 dioxane, um potencial carcinogénico e um perturbador do sistema hormonal.
  2. Parafina, vaselina e óleos minerais são um subproduto obtido através da destilação da gasolina. Estes ingredientes irão, rapidamente, retirar à sua pele o seu brilho e vitalidade! São utilizados por empresas de cosmética por serem de baixo custo. No entanto formam uma película na superfície da pele, semelhante a plástico que, apesar de “aparentar” um brilho de hidratação, bloqueia os poros evitando a normal respiração da pele e acelerando o seu envelhecimento. Inacreditável não é?! Quando vir nomes como parafina ou vaselina lembre-se sempre, são derivados do petróleo!
  3. DEA (dietanolamina), MEA (momoethnanolamine) e TEA (trietanolamina) são ingredientes comummente encontrados na maioria dos produtos de cuidados pessoais para produzirem espuma. Estes compostos químicos são desreguladores hormonais, facilmente absorvidos pela pele, além de causarem reações alérgicas e irritação cutânea, podem provocar cancro.
  4. Parabenos (Butylparaben, Propylparaben, Methylparaben e Ethylparaben) são conservantes químicos de baixo custo que, ao serem absorvidos pela nossa pele, sangue e sistema gástrico, atuam como disruptores hormonais e estão associados a problemas de saúde como cancros, problemas na tiróide ou problemas reprodutores.
  5. Fragrâncias sintéticas são uma mistura de químicos derivados do petróleo que podem secar e irritar a pele. Além disso, a maioria dos aromas artificiais são estabilizados por ftalatos, um composto químico que pode provocar mutações celulares e desequilíbrios do sistema hormonal.
  6. Triclosan é um produto químico utilizado num enorme número de sabonetes líquidos “anti-bacterianos”. Estudos consideram este químico como um “pesticida” uma vez que enfraquece as células provocando vários problemas.

Depois disto, químicos? Hum, não, obrigado!
Neste mês “Become Organii”, torne-se bio uma opção pela sua saúde!

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Ao continuar a navegar neste site aceita o uso de cookies. mais informação

O nosso website utiliza cookies. Um cookie é um pequeno ficheiro de letras e números que colocamos no seu computador, caso o permita. Estes cookies permitem-nos distingui-lo dos outros utilizadores do nosso website, o que nos ajuda a fornecer-lhe uma boa experiência quando navega no nosso website e também nos permite melhorar o nosso website. Poderá consultar todos os detalhes sobre o tipo de cookies que utilizamos e a finalidade para a qual os utilizamos na nossa política de utilização de cookies. Ao continuar a utilizar este website, está a concordar com a utilização de cookies.

Fechar