Porta Bebés | Organii – Cosmética BiológicaPorta Bebés | Organii – Cosmética Biológica

Portes Grátis para Portugal Continental
em compras superiores a 30€

Junte-se à

Subscreva a nossa Newsletter e receba todas as novidades da sua Loja de Cosmética Bio

PORTA BEBÉS

OUTLET Bebé Organii

PORTA BEBÉS

Babywearing um conceito cada vez mais conhecido

Na verdade é uma palavra moderna para designar uma prática antiga, tradicional em muitas culturas (em especial em África e na Ásia), que consiste em manter a criança pequena junto a nós através de um porta-bebés, mantendo-se o cuidador com as mãos livres para outras atividades.

Em Portugal, felizmente, nota-se um crescente interesse e sensibilidade pelo babywearing e os benefícios quer para a criança quer para quem a transporta são muitos. Para a criança as vantagens passam, acima de tudo, pela prevenção de incorreções ao nível do desenvolvimento quer da estrutura óssea quer da neurológica, e pelo aumento de confiança devido ao contacto  com a mãe ou pai. Também o toque e o afeto contribuem para uma resposta mais positiva de bebés prematuros quando são transportados nos porta-bebés, existindo uma estimulação permanente ao ouvir os batimentos cardíacos da mãe, ao sentir o calor da sua pele e respiração. Por sua vez, os próprios pais tornam-se mais confiantes, pois mais facilmente reconhecem os sinais dos seus bebés (movimentos, expressões, respiração, gestos). Além disto, é de longe mais fácil realizar tarefas domésticas, sem um carrinho a atrapalhar.

Em resumo, todos estes movimentos e estímulos (físicos, neuronais e emocionais) são fatores que favorecem a fundação de um desenvolvimento físico e anímico sadio da criança e que, em conjunto com as vantagens que também os pais têm, traduzem os benefícios de usar os porta-bebés ergonómicos.

Já tem o seu? Na ORGANII poderá encontrar...

Mochilas ergonómicas | Close, Boba, Ergobaby e Manduca

Estruturadas e acolchoadas, permitem transportar o bebé de forma confortável e natural.

Mochilas Ergonómicas

Panos | Boba e Manduca

Atados à volta do corpo da mãe, envolvendo o bebé, têm várias possibilidades de colocação, sendo uma das soluções mais versáteis.

Wraps

Caboo | Close

Um porta-bebés semi-estruturado, que pode ser usado a partir do dia um, incluído com bebés prematuros.

100% algodão biológico, permite 5 posições de transporte diferentes, é facilmente ajustável para caber na maioria dos utilizadores e basta puxar o tecido através de anéis para apertar.Tem as vantagens de aconchego e flexibilidade, do pano, com a facilidade de colocação de uma mochila.

Caboo

Porta-bebés um aliado contra a displasia da anca

A Organii Bebé está a promover a sua coleção de babywearing e por isso falamos-lhe da importância de um porta-bebés ergonómico. Afinal, o que é que constitui uma posição de transporte ergonómica para um bebé?

Os bebés adoram ser transportados, sobretudo pelos seus pais, uma vez que estão em contacto direto com o corpo. Desta forma, a segurança e a autoestima do bebé são fortalecidas. Além disso, os porta-bebés ergonómicos permitem uma posição ideal para o bebé, fator muito importante para a evolução do seu desenvolvimento físico.

Um dos requisitos mais importantes dos porta-bebés é promover um desenvolvimento saudável da anca e da coluna do seu bebé uma vez que a displasia da anca é dos primeiros despistes feitos a bebés recém-nascidos.

 

O que é a displasia da anca?

 

Durante a evolução no útero, ao longo dos nove meses de gestação, os bebés têm a coluna vertebral curvada e essa posição é perfeita para o seu desenvolvimento. Além disso, na barriga da mãe as pernas do bebé estão extremamente dobradas.

A articulação de um recém-nascido, do qual o esqueleto é ainda composto principalmente de cartilagem, deve passar por um alongamento progressivo até ao final do primeiro ano de vida e que termina quando a criança consegue ficar de pé e começa a andar.

Para que a sua formação ocorra de forma correta, a articulação da anca deve estar dobrada o mais frequentemente possível. Muitas vezes, quando este processo não ocorre de forma progressiva, o bebé pode sofrer da chamada displasia da anca.

“Luxação congénita da anca” ou “Displasia da anca” é uma malformação em que a relação entre a parte superior do osso da perna (cabeça do fémur) e a superfície do osso da bacia que o recebe (acetábulo do osso ilíaco) está alterada.

Como é que um Porta-bebés se torna um aliado contra a displasia da anca?

Alguns ortopedistas defendem que um porta-bebés ergonómico poderá ser uma forma de prevenir a displasia da anca. Para tal, é vital que o porta-bebés suporte as pernas do bebé, de forma a manter o bebé na posição de rã, com as pernas abertas, com os joelhos puxados para cima um pouco mais altos do que a articulação do quadril.

 

Uma das vantagens expressada por ortopedistas é o movimento que o transporte, feito pelo adulto, confere ao bebé – especialmente, às suas pernas e articulações da anca. O bebé vai contrair os músculos das coxas e, deste modo, consegue não só proporcionar exercício aos músculos, como manter a cabeça do fémur encaixada corretamente na superfície do osso da bacia, reforçando o posicionamento adequado de uma forma natural e não forçada.

Além disso, este movimento e atividade muscular vão estimular o fluxo de sangue, que por sua vez irá acelerar o processo de transformação da cartilagem para osso.

Transportar o seu bebé através de porta-bebés pode ser feito por muitas razões mas é sobretudo importante saber que, além de outros benefícios (como acalmar o bebé através do contacto físico, promover a segurança e estimular a imunidade), irá ajudar a desenvolver, de forma saudável, as articulações do seu bebé.

5 razões para aderir ao Babywearing

Carregar um bebe bem pertinho de onde o coração bate, em vez de simplesmente andar sempre num carrinho pode parecer algo com pouco impacto, mas não é.

Aqui ficam cinco das que consideramos mais importantes:

1 – OS ESTUDOS COMPROVAM-NO

Os bebés dormem, alimentam-se e crescem melhor quando carregados num porta-bebés ergonómico. Um estudo constatou, justamente, que os bebés de 6 semanas de idade gritavam 43% menos que outras crianças.

Um estudo constatou que os bebés de 6 semanas de idade, quando carregados num porta-bebés ergonómico, gritavam 43% menos que outras crianças.

Estudos comprovam que os bebés transportados nos porta-bebés 3h por dia choram menos.

 

2 – CRIA LAÇOS

O babywearing promove a ligação, apoia a amamentação e pode ajudar a combater a depressão pós-parto. Também facilita a assistência e pode ser um “salva-vidas” para os pais de crianças com necessidades elevadas.

 

3 – APOIA O DESENVOLVIMENTO DO BEBÉ

Estimula as próprias respostas físicas dos bebés (mesmo os prematuros, que nascem com um sistema nervoso mais frágil) tais como batimento cardíaco, respiração e movimento. Alívio das cólicas; Pode atenuar a displasia da anca

 

4 – GERA CONFIANÇA NOS PAIS

Os pais e cuidadores tornam-se mais confiantes por conseguirem mais facilmente identificar e colmatar as necessidades do bebé. Através dos seus movimentos, gestos e expressões faciais.

 

5 – OFERECE LIBERDADE

Qualquer pessoa, desde que tenha condições para tal, pode usar o babywearing. Fica com as mãos livres para realizar outras tarefas como ir às compras, fazer limpezas, preparar comida, fazer caminhadas, etc. Pense no babywearing como um facilitador. Sem carrinhos para descer e subir escadas. Sem precisar que alguém segure nas portas para poder passar com o mesmo e com muito mais espaço no porta-bagagens.

Saiba Como Usar

Instruções BOBA  |  Instruções Manduca  |  Instruções CLOSE