Pele Seca ou Desidratada | Organii – Cosmética BiológicaPele Seca ou Desidratada | Organii – Cosmética Biológica

Portes Grátis para Portugal Continental
em compras superiores a 30€

Junte-se à

Subscreva a nossa Newsletter e receba todas as novidades da sua Loja de Cosmética Bio

Pele Seca? ou Pele Desidratada?

VER

Sabe qual é a diferença entre pele seca e pele desidratada?

Apesar de muitas vezes estes dois conceitos estarem associados ao mesmo significado, a verdade é que são coisas distintas e com diferentes “sintomas”. Aqui vamos desmistificar estes tópicos.

A pele seca é um tipo de pele, já a pele desidratada é um estado da pele. Embora estas duas situações possam afetar-se e sobrepor-se uma à outra, é importante conseguir fazer um diagnóstico do estado da pele para determinar quais os cuidados adequados para cada tipo.

PELE SECA

É um tipo de pele que produz naturalmente menos sebo e normalmente caracteriza-se por ter uma aparência baça, áspera e a descamar com facilidade. Isto acontece porque geneticamente a pele produz menos óleo, o que leva a uma secura crónica. Pode acontecer ainda a pele tornar-se seca com o avanço da idade e manifestar-se em todo o corpo incluindo mãos e pernas.

A secura da epiderme é um reflexo da falta do filme hidrolipídico da pele, um conjunto de compostos aquosos e lipídicos naturalmente presentes à superfície da pele. A ausência desta barreira protetora da pele leva a uma maior perda de água e consequentemente à sua desidratação.

Além dos fatores genéticos que contribuem para este tipo de pele, também o clima, o envelhecimento e o uso de produtos mais agressivos ou medicamentos agravam as características da pele seca.

PELE DESIDRATADA

A pele desidratada define-se como um estado, temporário, que ocorre quando existe falta de água nas camadas superiores da epiderme.

Pode haver dois tipos de desidratação como resultado da diminuição da quantidade de água na pele: a desidratação epidérmica e dérmica. São dois tipos muito semelhantes e em algumas circunstâncias sobrepõem-se e interferem uma com a outra. Numa desidratação epidérmica, a pele pode formar escamas, linhas de desidratação e perder luminosidade. No caso de uma desidratação dérmica, a flacidez e as rugas profundas são causadas pelo esgotamento da derme.

 

Os motivos que levam à desidratação da pele estão directamente relacionados com fatores que alteram a função da barreira da pele como predisposição genética, desequilíbrios hormonais, fatores patológicos, fatores ambientais externos (temperatura, humidade, radiação UV e poluição), pouca ingestão de água, stress, medicação ou também produtos de higiene muito agressivos que retiram por completo o filme hidrolipídico da pele.

 

É importante notar que todos os tipos de pele podem apresentar sinais de desidratação por isso a hidratação é essencial, além dos passos básicos como limpeza e tonificação. Conheça quais os produtos mais adequados a um rotina de cuidados para estes tipos de pele.

LIMPEZA

TONIFICAÇÃO

HIDRATAÇÃO

BOOST DE HIDRATAÇÃO

Essenciais para ajudar a restabelecer a barreira protetora da pele e evitar maior desidratação. Como é que sabemos que a pele precisa de um boost de hidratação? É preciso estar alerta para sintomas como aspeto rosado, áspero, descamativo, fissurado e sensação de desconforto.

BOOSTERS E EXTRAS