Operação Verão’ 17: Me, Myself & I

Operação Verão’ 17: Me, Myself & I

Neste Verão, vamos acreditar que as férias vão saber a férias. Que as mães não ficam mais exaustas nas férias do que se estivessem a trabalhar.

Por norma, o Verão é aquela época em que nos sentimos mais vivas. Por um lado, porque relaxamos da pressão do trabalho diário, com tarefas e horários mais ou menos rígidos, e por outro, porque estamos mais ativas, mais dispostas. O Verão é, portanto, uma grande oportunidade para nos revigorarmos – a nós mesmas, e às nossas vidas.

E se, nesta verdadeira «passagem de ano», decidisse levar avante a Operação Me, Myself & I?

Adquira um novo hábito

Nas férias experimente criar um momento só para si, para fazer algo que realmente lhe dá prazer. Algo que se repita diariamente, preferencialmente à mesma hora. Mesmo que depois das férias não consiga fazer no mesmo horário, tente manter esse novo hábito. Crie uma janela para que a sua criatividade flua, dando a si mesma a possibilidade de relaxar. Por exemplo, levar a sério um hobby que adora e raramente tinha como concretizar.

Aproveite o sol

A luz solar afeta, de facto, o nosso estado de espírito. É difícil estarmos mal dispostas quando está um lindo dia de sol lá fora, certo? Com as devidas precauções, porque a sua pele merece, vá dar uma volta à rua, à beira-mar, ao jardim, ou tomar um café com uma amiga na esplanada.

Ommmm…

Dedique 30 minutos para relaxar e meditar. 30 minutos são apenas uma pequena parte dos seus 86.400 segundos diários. Valorize-se a si e ao seu tempo. Investir tempo na meditação diária, sem confusão à volta, significa, entre outras coisas, aumentar a capacidade de se focar. Ou seja, vai criar as condições para, no resto do ano, se concentrar no que importa e tomar decisões mais acertadas quando houver menos tempo para pensar.

Dica: acorde antes da família para poder sentar-se durante meia hora num recanto em silêncio, concentrando-se na sua respiração. Mesmo que a sua mente seja invadida por pensamentos (vai acontecer!), retome a atenção para a respiração.

Cozinha(r) é amor em ação

Ter o que comer é uma sorte. Ter a abundância de cores, sabores e texturas que os alimentos desta época nos proporcionam, é um luxo. Também na alimentação surge a possibilidade de darmos asas à imaginação. Podemos fazer deste tópico um momento em família (ou não), pedindo aos mais novos que lavem os vegetais e cortem a fruta, enquanto o esposo põe a mesa. Podemos decorar a mesa com detalhes que a tornem mais bonita.  (Re)invente o seu plano de refeições, com receitas mais simples para o dia a dia e outras mais elaboradas para o fim de semana. E claro, saudáveis sempre que puder ser sempre!

Ganhe tempo ao tempo

… e torne o resto do ano mais fácil e emocionalmente mais saudável.

Uma das coisas que nós mães (e pais), em geral, nos queixamos é que não temos tempo suficiente para a família. Não somos super heróis, então há que focar. Descreva exaustivamente a atividade em família para a qual gostaria de dedicar mais tempo, incluindo o que e como gostaria que acontecesse nessa ocasião, e em que momento da semana/dia (quando). Agora que já identificou o que pretende fazer em família, empenhe-se paulatinamente nesse objetivo. Havendo o plano e consciência do itinerário para a concretização do mesmo, tem meio caminho feito.

Sem deixar rasto

As férias são uma excelente oportunidade de educação. Como mães/pais, somos inevitavelmente um modelo a seguir pelos nossos filhos. Respeitar o ambiente e os outros é, para nós próprios e para os mais pequenos, uma aprendizagem. Planear antecipadamente, preparar tudo, colocar o lixo no lugar adequado, minimizar o impacto da nossa presença, respeitar a natureza e outros visitantes, são alguns dos princípios que lhes poderá transmitir.

Mesmo que experimente apenas uma destas sugestões de mudança de Verão, leve-a no bagagem do coração e verifique, depois, se contribuiu para uma melhoria no seu estado de espírito e, em última instância, se confirma que a felicidade dos seus filhos tem uma relação de proporcionalidade direta com a sua própria felicidade. E família pode até ser só mãe e filho – não conta menos por isso.  Quando a mãe está bem e equilibrada, todos ficam a ganhar. Boas Férias!

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

By continuing to use the site, you agree to the use of cookies. more information

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close