Alimentação contra o envelhecimento da peleAlimentação contra o envelhecimento da pele

Portes Grátis para Portugal Continental
em compras superiores a 30€

Junte-se à

Subscreva a nossa Newsletter e receba todas as novidades da sua Loja de Cosmética Bio

ORGANII | BIO BLOG | Alimentação contra o envelhecimento da pele

Alimentação contra o envelhecimento da pele

A Medicina Antiaging é uma área da medicina que tem como objetivo promover uma melhor qualidade de vida, prevenindo as doenças relacionadas com o envelhecimento.

 

Marta Padilha é especialista em Medicina Geral Familiar e Medicina do Trabalho, possui um Master em Medicina Antiaging pela Universdiade de Barcelona e treino especializado em Modulação  Hormonal (Medical School Dr Thierry Hertoghe). É também Membro da American Academy of Antiaging Medicine e encontra-se a frequentar o  Master de Gestão de Peso pela A4M.

 

A Medicina Antiaging é uma área da medicina que tem como objetivo promover uma melhor qualidade de vida, prevenindo as doenças relacionadas com o envelhecimento. Os seus 5 pilares são: Nutrição Funcional, Exercício físico , Gestão de Stress, Suplementação Não Hormonal e Suplementação Hormonal, que trabalhando em sinergia aumentam a longevidade.

 

Sem uma  alimentação equilibrada e adequada às necessidades de cada um de nós (ainda  uma utopia para a maioria das pessoas) não há uma produção hormonal adequada e estas não conseguem desempenhar de forma eficaz as suas importantes funções. A existência de estabilizantes, corantes e os aditivos presentes nos “alimentos de pacote” vão causar inflamação no nosso corpo, despoletando uma cascata de reações  adversas que destrói as células por todo o corpo em envelhecimento. Na realidade só podemos prevenir com uma dieta equilibrada e variada, que inclua alimentos como ovos, fruta, frutos secos, legumes, carne, peixe, leguminosas (secas e germinadas) e muita água. Sendo a pele um órgão visível, é nela que se reflete principalmente o nosso envelhecimento e a consequência das nossas ações.

 

Passando à prática, o que precisamos é de uma dieta rica nos seguintes tipos de alimentos:

  • Gordura – precisamos de gordura saturada “boa” na nossa alimentação – e devemos consumir: abacate, azeite, frutos secos, peixes gordos , gema de ovos, manteiga clarificada. O consumo desta gordura permite um aumento de hormonas como estrogénios, progesterona e testosterona importantes para a saúde da nossa pele, nomeadamente, evitar a desidratação e a flacidez da mesma. Também precisamos de gorduras insaturadas por isso devemos consumir ovos, peixes gordos como o salmão, atum, sardinha e cavala ricos em Ómega-3;
  • Proteínas – como por exemplo carne , ovos , peixe, leguminosas – porque as proteínas também permitem aumentar a produção das referidas hormonas (estrogénios, proegesterona e testosterona , entre outras mas estas com principal destaque na pele). Contudo não devemos ter uma dieta hiperproteica porque esta pode diminuir a produção da glândula tiródieia e ficarmos com a pele mas baça , menos brilhantes e com olheiras marcadas;
  • Hidratos de carbono – existentes nas frutas, vegetais e cereais, aumentam a produção das hormonas libertadas pela glândula tiróideia e da hormona do sono – metatonia, logo se tivermos um sono reparador a pele vai ter um aspecto “ descansado”;
  • Água – é fundamental uma boa hidratação para a pele ter um aspecto saudável e não envelhecido.

 

Por outro lado nunca é demais relembrar quais são os vilões de uma pele saudável:

  • Pastelarias e doces – porque aumentam a produção de sebo pela glândulas sebáceas, obstruindo os poros, deixando a pele oleosa permitindo o aparecimento de borbulhas. O consumo deste tipo de alimentos em excesso potencia a inflamação silenciosa (a mãe das doenças degenerativas associadas ao envelhecimento) e a pele torna-se mais flácida e com rugas;
  • Bebidas alcoólicas – o consumo destas bebidas com álcool causam desidratação no corpo e na pele tornando-a além de seca também opaca;
  • Cafeína – o seu consumo excessivo causa a perda de vitamina, minerais e elevada a produção de cortisol (hormona do stress) tornando a pele seca;
  • Refrigerantes e alimentos processados – estes são ricos em sódio e fosfato que causam envelhecimento na pele assim como retenção de líquidos;
  • Lacticínios – o seu consumo deixa a pele mais oleosa e potencia o aparecimento de acne.