Junte-se à

Subscreva a nossa Newsletter e receba todas as novidades da sua Loja de Cosmética Bio

ORGANII | BIO BLOG | 5 Formas de contribuir para salvar os oceanos

5 Formas de contribuir para salvar os oceanos

Descubra o que pode fazer para ajudar a salvar os oceanos com estas 5 sugestões.

Descubra o que pode fazer para ajudar a salvar os oceanos com estas 5 sugestões.

 

1- Consumir peixe conscientemente

As populações de peixes à escala mundial estão a diminuir rapidamente por causa de práticas pesqueiras insustentáveis. É, por isso, muito importante saber a procedência dos frutos do mar consumidos no dia a dia. Quando comprar peixe e marisco ou jantar fora, ajude a reduzir a sobre-exploração de espécies, ao optar por aquelas que sejam saudáveis e sustentáveis. Considere sempre restaurantes e mercearias que manifestem as suas preocupações.

 

2- Atenção aos produtos que utiliza

Sabia que os microplásticos presentes nos mais variados artigos de cosmética e higiene são lançados ao mar através dos esgotos? Isso coloca em risco não só os animais que ingerem esse lixo, mas também os humanos, que comem estas partículas ao consumir peixe e marisco.

Tomemos atenção aos protetores solares: Os ingredientes químicos incorporados na composição da maioria dos protetores solares convencionais contaminam a água e agridem os ecossistemas marinhos. Isto significa que quando está no mar com um protetor solar não-biodegradável na pele, liberta matérias químicas prejudiciais para a vida marinha. E se não der um mergulho, as substâncias são libertadas no sistema de tratamento de águas durante o duche, o que faz com que, por ano, 14 mil toneladas de protetor solar vão parar aos oceanos.

Os nossos protetores solares são certificados ECOCERT e COSMOS. Isto significa que os ingredientes presentes nestes produtos são livres de derivados de petroquímicos e que os processos de fabrico não são poluentes, mas sim ecologicamente corretos. O dióxido de titânio, por exemplo, é revestido com um material inerte e hidrofóbico, o que faz com que permaneça na superfície da água e não prejudique a saúde dos corais. Assim, os nossos protetores solares são prejudiciais à flora e biodiversidade marinha.

Por isso, na próxima vez que escolher o seu protetor solar tenha em conta o seu impacto nos oceanos.

 

3- Evite o plástico

Os plásticos que habitam e poluem os oceanos contribuem para destruir os habitats e matam, anualmente, dezenas de milhares de animais marinhos.

Sabia que o plástico demora mais de 400 anos a degradar-se? Opte antes por comprar, por exemplo, uma garrafa de água com outro tipo de material (em metal ou barro, por exemplo) que possa andar sempre consigo, em vez de comprar uma garrafa todos os dias.

 

4- Cuide das praias

Na praia, assegure-se sempre de que deixa o espaço limpo. Explore e desfrute dos oceanos sem interferir com a vida selvagem, remover pedras ou arrancar corais.

Eleve a fasquia e sensibilize os outros para a necessidade de respeitar a vida marinha ou participe em ações de limpeza das praias na sua zona. Se viver perto da costa, integre uma organização ou um grupo local e envolva-se em projetos da sua zona de residência. Apoie as organizações que trabalham para proteger os oceanos.

 

5- Não adquira bens que explorem a vida marinha

Alguns produtos podem ser nocivos e causar danos nos recifes de coral, com sérias repercussões nas populações de peixes. Evite comprar objetos como bijutaria de coral, acessórios para o cabelo feitos a partir da carapaça da tartaruga ou outros produtos derivados de animais marinhos.

 

Promova a mudança, os oceanos são fundamentais para a vida do planeta e estas são algumas mudanças que poderá promover dentro do seu seio familiar ou até mesmo entre amigos.